Consentimento de Vanessa Springora

É BOM PORQUE

 

É um testemunho da relação que Vanessa Springora, aos 13 anos, teve com o escritor francês Gabriel Matzneff. Mais do que um relato de um abuso sexual, é a denúncia de uma sociedade que silencia e romantiza este (e outros) problemas, espelho de uma elite machista. É uma leitura crua, rápida e revoltante. Uma autobiografia obrigatória.

.............................................................................................................

 

PONTOS A FAVOR

 

📝 Não ficção

🗣 Incentivo ao diálogo

🙏🏼 Inspirador

⏰ Leitura rápida

 

.............................................................................................................

 

SINOPSE

 

Paris, meados da década de 80: a jovem V. procura nas páginas dos livros algo que preencha o vazio de afecto deixado pelo divórcio dos pais. Com treze anos, num jantar, conhece G., escritor, figura da elite intelectual parisiense, semblante de monge budista e "olhos de um azul sobrenatural". Desconhece a reputação sulfurosa de que o escritor de cinquenta anos goza e desde o primeiro olhar é conquistada pelo magnetismo daquele homem, pelos olhares que lhe dedica. Depois de um meticuloso cortejo de algumas semanas, V.entrega-se a G. de corpo e alma.

 

O idílio amoroso chega ao fim quando V. percebe, com uma terrível desilusão, que G. colecciona relações com adolescentes e que faz das sucessivas conquistas a matéria-prima da sua obra literária. Debaixo da aparência melíflua de homem de letras esconde-se um perigoso predador, enfeitiçado pela juventude das suas vítimas, encoberto por uma sociedade complacente.

 

Mais de trinta anos volvidos sobre os factos, Vanessa Springora narra, de forma lúcida e fulgurante, esta história de amor e perversão. Uma história individual - a sua história com o escritor Gabriel Matzneff - que espelha tantas outras e que expõe as derivas de uma sociedade deslumbrada pelo talento e pela celebridade.

 

Corajoso e comovente, este romance autobiográfico incendiou o meio literário francês, reacendeu o debate sobre o consentimento um pouco por todo o mundo e apaixonou milhares de leitores.

 

«Um testemunho lúcido e arrepiante, [...] um livro corajoso e poderoso.» Léonard Billot, Les Inrockuptibles

 

«Há quem diga que hoje em dia os livros já não têm poder. Em França publicou-se um livro que em poucos dias mudou metade do mundo.» Neue Zürcher Zeitung

 

.............................................................................................................

Consentimento de Vanessa Springora

16,90 € Preço normal
15,21 €Preço promocional